As fotos a seguir referem-se a coletiva de imprensa para apresentação do Relatório de Insustentabilidade da Vale 2015, produzido pela Articulação Internacional dos Atingidos pela Vale. O relatório apresenta denúncias de graves violações de direitos humanos, sociais, ambientais, econômicos e culturais cometidas pela empresa. Além de algumas fotos do ato de rua realizado na porta da empresa Vale S.A.

Em defesa das comunidades indígenas, quilombolas, ribeirinhas. Água, minério e energia não são mercadoria!

“O que a Vale faz com os povos indígenas é um crime! Imaginem vocês o que é ter o seu território retirado do dia para a noite! O lugar de onde tirávamos a nossa subsistência não existe mais; a Vale só falta colocar um muro dentro da nossa própria terra para dizer que não podemos mais entrar” afirma Kátia, cacique do povo Gavião, da terra indígena Mãe Maria, no Pará, em coletiva de imprensa.

Data: 15/04/2015
Local: Rio de Janeiro
Créditos: