fbpx

A Articulação Internacional dos Atingidos e Atingidas pela Vale realizou coletiva de imprensa em Córrego do Feijão para apresentar as observações preliminares de sua missão de solidariedade e documentação realizada no município de Brumadinho, Minas Gerais, após o rompimento da barragem de rejeitos da Vale S.A.. A missão teve início no dia 29 de Janeiro, e visitou diversas localidades diretamente atingidas pela catástrofe, conversando com a população, com familiares de vítimas, e também com órgãos públicos envolvidos na prestação direta de assistência às pessoas afetadas. Além de prestar solidariedade e apoio às vítimas deste desastre, a missão teve como objetivo principal a observação e registro da atuação da mineradora nos primeiros dias após o rompimento da barragem, considerando a gravidade das violações a direitos humanos, ambientais e econômicos.

Durante a coletiva, a Articulação apresentou aos órgãos de imprensa um documento contendo os pontos críticos da atuação da mineradora após o rompimento da barragem, documentados durante a missão. Na mesma data, a Articulação Internacional dos Atingidos e Atingidas pela Vale formalizou, por meio de seus acionistas críticos, um pedido ao Conselho de Administração e ao Conselho Fiscal da mineradora demandando a destituição de sua Diretoria Executiva e a convocação imediata de uma Assembleia Geral Extraordinária.

Data: 05/02/2019
Local: Brumadinho - MG
Créditos: Daniela Fichino e Marcelo Cruz