10 de dezembro é o Dia Internacional dos Direitos Humanos. A data é significativa porque exalta a luta por direitos por uma vida mais digna para todos.

No EP#04 vamos debater sobre as violações de direitos pela mineração e também das resistências na defesa dos territórios aqui no Brasil e no continente africano.

Conversamos com Antônio Zacarias da Associação de Apoio e Assistência Jurídica as Comunidades (AAAJC), de Moçambique, sobre uma tragédia ocorrida em um dos reassentamentos organizados pela Vale S.A. Também ouviremos Raphaela Lopes da Justiça Global nos contar sobre a repetição das violações em direitos humanos nos territórios brasileiros pela mineradora.

E ainda Charles Trocate do Movimento Nacional pela Soberania Popular da Mineração (MAM) relembra a mudança na atuação da Vale após sua privatização na década de 90 numa rota de destruição pelo lucro acima de tudo. E sem perder a esperança neste pandêmico 2020, convidamos Julianna Malerba da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (Fase) para chamar por territórios livres de mineração. E que venha o próximo ano de muita luta!

Apresentação: Silvia Mirian, moradora e atingida pela Vale em Itabira, Minas Gerais.

Produção: Justiça Global, Rede Brasileira de Justiça Ambiental, MAM e Articulação Internacional dos Atingidos e Atingidas pela Vale.

Edição: A Toca