fbpx


Coreografia emocionante

“Somos a Cia de Dança de Paraopeba. A Cia do Rio Paraopeba. Nosso Rio está morto. A terra desceu, a lama desceu, levou amigos, parentes, histórias, vidas, muitas vidas”. A companhia de dança é formada por moradores da região onde aconteceu o crime da Vale em Brumadinho. A Cia Jovem de Paraopeba venceu o 1º lugar na categoria grupo sênior de Dança Contemporânea do Festival de Joinville, a maior competição de dança do mundo. A apresentação do grupo aconteceu na noite do dia 25 de julho, exatos seis meses depois do desastre ambiental. Ao som de uma versão do hino nacional, 22 bailarinos subiram ao palco junto com 45 moradores da região. A coreografia, chamada Efeito Cascata, foi elaborada por Alan Keller.