Na tarde desta quinta-feira, duas barragens de rejeitos da mineradora Samarco, joint venture da Vale com a australiana BHP, se romperam atingindo o distrito de Bento Rodrigues, município de Mariana, em Minas Gerais, e causando pelo menos 16 mortes.

Os rejeitos da barragem do Fundão e Santarem da unidade de Germano avançaram sobre uma comunidade próxima ao distrito de Bento Rodrigues, a V. Bento, atingindo 90 por cento da comunidade com cerca de 560 habitantes e 170 casas

Existem hoje no país cerca de 520 barragens de minérios, diversas em regiões bem próximas a vilarejos e muitas em risco de rompimento.

Nós do Comitê, exigimos a imediata apuração das causas do acidente e a criminalização da Vale/Samarco, proprietárias da bacia.

À população de Bento Rodrigues e todos os trabalhadores das mineradoras, nossa solidariedade.