fbpx

Articulação Internacional dos Atingidos e Atingidas pela Vale


Com a participação da Articulação Internacional de Atingidos e Atingidas pela Vale (AIAAV) e de diversas outras organizações e movimentos, a II Romaria Regional pela Ecologia Integral a Brumadinho está sendo organizada no formato prioritariamente virtual devido a pandemia da Covid-19, e inicia hoje (18.01.21) uma programação que envolverá desde trocas de vídeo-cartas entre a população atingida, lançamento do pacto dos atingidos até roteiros celebrativos e saraus pastorais.

Além disso, na segunda-feira, 25 de janeiro, dia do rompimento da barragem de rejeitos de mineração, a população se unirá em celebração no Córrego do Feijão, às 12h, com transmissão em tempo real pela página da Renser (Região Episcopal Nossa Senhora do Rosário, da Arquidiocese de Belo Horizonte) no Facebook.

Além da morte das 272 pessoas, o rompimento da barragem no Córrego do Feijão soterrou casas e plantações, somadas à vasta destruição da fauna, flora e recursos hídricos. Em resposta aos danos e impactos da tragédia-crime, realiza-se anualmente a Romaria com objetivo de manter o grito de denúncia a partir de quatro pilares: (1) a memória dos 272 mártires assassinados; (2) a denúncia de um crime que foi cometido pela mineradora Vale; (3) a luta por justiça e reparação integral de todos os atingidos; e (4) o anúncio de uma Ecologia Integral, que coloque a vida acima do lucro.

Saiba mais e acompanhe a II Romaria na página da Renser no Facebook e Instagram.