20403_a41348
Os italianos Alessandro Marescotti e Beatrice Ruscio criaram o hotsite peacelink para reunir todas as notícias e reflexões referentes aos impactos sofridos pelas comunidades da região de Carajás e, em especial, da comunidade de Piquiá de Baixo.
Marescotti é coordenador do Peacelink, que há anos luta contra a poluição provocada pela empresa siderúrgica ILVA, na cidade italiana de Taranto. O minério de ferro que alimenta a empresa ILVA é extraído da mina de ferro Carajás pela mineradora Vale S.A.
A situação de Taranto parecida com a realidade do bairro Piquiá de Baixo. Inclusive já houve mobilizações para realizar intercâmbios e parcerias entre essas comunidades, vítimas de injustiça ambiental.
Beatrice Ruscio participou do Seminário Internacional Carajás 30 anos: resistências e mobilizações frente a projetos de desenvolvimento na Amazônia Oriental, realizado na cidade de São Luís, no período de 5 a 9 de maio de 2014.
Fonte: Justiça nos trilhos, 04 de maio de 2015