No dia 08 de maio de 2014, ativistas de diversos movimentos sociais realizaram uma intervenção em frente à empresa VALE, onde expuseram denúncias em placas que carregavam durante o ato realizado em São Luís do Maranhão. 

A ideia foi levar as discussões que estavam sendo feitas sobre os impactos ambientais e sociais a partir do Seminário Internacional Carajás 30 Anos, e mostrar em outras partes da cidade, como as consequências das atividades das mineradoras atingem diretamente as periferias, comunidades rurais, ribeirinhas, quilombolas, indígenas e entre outros grupos.

Como pauta central, os manifestantes levantaram imposições como o não cumprimento de acordo por empresas, governos federal, estaduais e municipais nas áreas atingidas, bem como cobrará que as medidas – muitas delas determinadas pela justiça e já com prazos vencidos – sejam imediatamente executadas, em respeito aos direitos dos impactados.

Foto: Mídia NINJA

 

Image