fbpx

Por Brasil de Fato


A instituição, que estava na rota da lama, foi levada para um outro prédio do município no dia 25 de março

A estrutura atual oferecida pela Escola Municipal Coronel Câncio, em Barão de Cocais, localizada a 90 km da capital mineira, tem preocupado os pais dos alunos do ensino infantil. Sem um local coberto adequado para a realização de atividades físicas e a segurança da área restrita acercas de arame e a um portão sem trava, as crianças estão há praticamente cinco meses em um prédio improvisado pela prefeitura.

A antiga sede da instituição estava na rota da lama e, por isso foi realocada pelo município com o apoio da Vale, no dia 25 de março. Isso aconteceu três dias depois de a barragem Sul Superior da Mina de Gongo Soco passar para o nível 3 de alerta, com risco iminente de rompimento. A mineradora, na época, assumiu que arcaria com as despesas para a adaptação do novo local, mas até o momento apenas duas pequenas intervenções foram realizadas.

Leia na íntegra em Brasil de Fato