fbpx

Por Rede Jubileu Sul e PACS


A Semana de Ação Global pela anulação da dívida e contra as Instituições Financeiras Internacionais (IFIS) ocorre entre os dias 10 e 17 de outubro, com objetivo de denunciar valores abusivos de dívidas públicas impostas aos países da América Latina e Caribe, a partir de deliberações do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial. A ação é organizada pela rede Jubileu Sul.

Os movimentos engajados na Semana de Ação Global divulgaram uma carta aberta aos governos, instituições internacionais e credores. A carta aponta que o Sul Global gasta mais de 300 bilhões de dólares em pagamento da dívida externa pública a credores bilaterais e multilaterais, como o BID e o FMI, além de bancos privados, especuladores e investidores.

É importante denunciar, por exemplo, quem paga a conta pelos lucros bilionários dos megaprojetos. No caso da empresa Vale, a notícia dada aos seus acionistas, foi a de que eles voltariam a receber dividendo no total de 2,3 bilhões de dólares ainda esse ano. Ou seja, o povo brasileiro paga a conta com a destruição do seu patrimônio natural e milhares de famílias pagam com seus corpos e vidas.

Impacto maior ainda recaem sobre as mulheres atingidas pelos crimes da Vale, como foi debatido ao longo do Ciclo de Debates #MulheresTerritóriosDeLuta que pode ser visto no canal do youtube do Instituto Políticas Alternativas para o Cone Sul (PACS).

Acesse a carta: Aqui

Mais informações e programação na página da Rede Jubileu Sul