Na 5ª reunião de conciliação entre a Vale e os atingidos pelo rompimento da barragem Córrego do Feijão em Brumadinho, a justiça mineira determinou que a mineradora apresente um relatório parcial sobre o pagamento às vítimas. Além disso, foi acordado que cada família receba uma cesta básica por 12 meses.

Confira.